Encontro aborda revitalização da Laguna Araruama e debatem nova dragagem, abertura d enovo canal e engorda de praias



Um workshop sobre a Laguna Araruama foi realizado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEAS) e pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA) nessa quarta-feira (19) no município de Araruama.

O secretário de Governo de São Pedro da Aldeia, Eronildes Bezerra, representou o prefeito Cláudio Chumbinho, que é o presidente do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ), defendeu uma nova dragagem e a abertura sobre um novo canal para ajudar na oxigenação da laguna.

“Nós só vamos conseguir resolver as coisas se pensarmos como região e não como cidades individuais. Tivemos esse encontro com os secretários de Meio Ambiente da região, com o Inea e a presença do Deputado Serginho; o governador está cumprindo o que prometeu em sua passagem por São Pedro da Aldeia. A única solicitação que o prefeito Chumbinho fez nessa reunião foi que fizesse a dragagem e, se possível, que abrisse outro canal para oxigenar a Laguna. A Laguna é uma responsabilidade ambiental de todos e é muito importante que o governador continue com essa ocupação”, disse Eronildes.

O secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Altineu Côrtes, e o presidente do INEA, Carlos Henrique Vaz realizaram uma apresentação sobre a Laguna além do projeto de dragagem e recuperação do sistema lagunar. Entre os objetivos da ação estão melhorar a navegabilidade do Canal do Itajurú, em Cabo Frio, e a troca hídrica entre o sistema lagunar e o oceano, diminuir pontos de estagnação e dinamizar a economia regional. O volume dragado nesta iniciativa deverá ser depositado nas praias do entorno da própria Laguna, o que proporcionará um aumento da faixa de areia.

O encontro também abordou o licenciamento ambiental desses projetos de recuperação e engorda da praia. A Secretaria de Meio Ambiente de São Pedro da Aldeia realizou o mapeamento das orlas e já conta com a autorização do Inea para efetuar a ação. Por esse motivo, o município aldeense deverá ser o primeiro a ser contemplado com o material retirado na dragagem.

Créditos ao Diário Aldeense

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem