Prefeito Chumbinho se reúne com diretores da rede municipal de educação para discutir demandas das escolas


O prefeito Cláudio Chumbinho recebeu em seu gabinete diretores e diretoras da Rede Municipal de Educação de São Pedro da Aldeia. O encontro teve, ainda, as presenças do secretário municipal de Governo, Eronildes Bezerra, de Educação, Alessandro Teixeira, e da equipe técnica da pasta. Em pauta, questões importantes da gestão educacional, entre elas a devolutiva do diagnóstico de demandas das unidades escolares, que contou com a participação efetiva dos diretores, cujos dados subsidiarão processos de melhorias das instalações físicas.

“O secretário é o elo do Executivo que está à frente das demandas vindas das escolas”, destacou o prefeito Claudio Chumbinho, citando o grande desafio da gestão pública que é ajustar as necessidades apresentadas ao orçamento, com foco no resultado. O secretário de Educação agradeceu o apoio recebido do Governo para a implementação da sua gestão. “A Educação não é uma pasta isolada. Nenhuma secretaria consegue resultados se não estiver articulada com as demais. No nosso contexto também temos os diretores, que conhecem e sofrem as dificuldades das suas comunidades, e eles fazem parte da gestão desta Secretaria”, destacou Alessandro.

Por sugestão da Secretaria de Governo, na próxima semana será criada uma força-tarefa, o “Gabinete de Soluções Integradas”, reunindo diversos segmentos do Executivo para dar celeridade aos processos, iniciando pela Educação. Uma das propostas é agilizar a aplicação dos recursos disponíveis do Salário Educação, na ordem de R$ 6,5 milhões, na infraestrutura da Rede. O secretário de Governo convidou as equipes diretivas para participar de um esforço administrativo para equacionar as despesas desnecessárias. Para o secretário Eronildes, a união de esforços é vital para que haja harmonia na gestão pública.

Uma revisão no fluxo de processos, com a informatização, é outra iniciativa que terá início nos próximos dias, incluindo o registro de frequência dos servidores (ponto). Outra questão apresentada durante o encontro foi a parceria entre as iniciativas pública e privada, incluindo as universidades, visando a qualificação da gestão e dos servidores e a realização de projetos voltados à comunidade estudantil.

Assuntos relacionados aos servidores da Educação, como a revisão de leis, também fizeram parte do encontro, entre elas a Lei de Consulta dos Diretores, de mudança de nível, PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remunerações) e ajuste na carga horária. “Precisamos encontrar caminhos jurídicos seguros para ajustar as demandas apresentadas”, destacou Alessandro Teixeira.

Créditos à Ascom PMSPA

Postar um comentário

0 Comentários