Mortes caem 50% no Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia

Pronto Socorro Municipal
O Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia, que até 7 meses atrás estava em estado de calamidade começa a dar resultados de ligeira melhora. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde da cidade, em maio, o número de óbitos registrados era de 32, em junho, a unidade registrou 12 mortes, uma redução de mais de 50%.

A necessidade de transferência de pacientes para tratamentos em outros municípios, uma medida que comprova a ineficiência do sistema de saúde municipal, também teve seu número reduzido. Não foi informado maiores dados sobre o assunto.

Segundo a Secretária aldeense de Saúde, Vanessa Vidal, a queda pode ser reflexo do aumento do quadro de funcionários como contratação de médicos especialistas, como cirurgiões gerais, neurocirurgiões e ortopedista além de melhora das equipes de enfermagem da unidade.

Também segundo dados da Secretaria, no Pronto-Socorro realizam-se cerca de 300 atendimentos por dia. A unidade conta diariamente com três médicos plantonistas, 13 técnicos de enfermagem que atuam de segunda a segunda, com o apoio de duas enfermeiras plantonistas, um enfermeiro coordenador e uma enfermeira diarista. No último mês, uma assistente social também foi incorporada à equipe. A prioridade de atendimento é segundo a classificação de risco.

Créditos ao Diário Aldeense

Postar um comentário

0 Comentários