Iniciativa já recolheu mais de 1.500 pneus em São Pedro da Aldeia em menos de uma semana

Em menos de uma semana de posto em prática pela Secretaria de Ambiente, Lagoa e Pesca, o programa de recolhimento de pneus na cidade já alcançou a marca de 1.500. Segundo divulgação da Secretaria, São Pedro da Aldeia conta com 24 borracharias e logo no primeiro contato cerca de 15 preencheram o formulário para cadastro de recolhimento dos pneus inservíveis. As demais se encontravam fechadas no momento deste primeiro contato.

“A empresa (responsável pelo recolhimento) disponibilizou um veículo adequado para este recolhimento, assim como funcionários que não só fazem o recolhimento, como divulgam os malefícios do armazenamento inapropriado destes pneus” explicou a secretária Adriana Saad.

Ainda de acordo com o relatório, na primeira visita as borracharias, obteve-se 11 manifestos, totalizando o recolhimento de 548 pneus inservíveis. A maioria dos estabelecimentos não está regularizada. Sendo assim, o funcionário da Secretaria do Ambiente, Lagoa e Pesca tem feito o trabalho nestes locais, divulgando a necessidade de regularização do negócio, evitando, assim, multas e embargos.

Os terrenos baldios e residências também estão sendo atendidos pelo programa e em menos de 15 dias, foram localizados, tratados (contra a dengue) e retirados destes locais mais de mil pneus inservíveis. A fiscalização municipal também anunciou que tem procurado identificar os infratores e tomar as medidas cabíveis.

“Antes mesmo de iniciarmos o projeto, tínhamos noção de que enfrentaríamos um grande desafio para dar a destinação correta a esses pneus velhos, assim como para sensibilizar de forma efetiva os donos de borracharias e afins. Em apenas duas semanas, mostrou-se a necessidade urgente deste trabalho, como pôde ser visto pelo resultado, mais de 1.500 pneus velhos retirados das borracharias e terrenos inativos. O objetivo deste projeto está se concretizando, à medida que retiramos do ambiente um material que leva mais de 100 anos para se desintegrar e diminuímos o risco da disseminação da dengue no nosso município” finalizou a secretária de Ambiente, Adriana Saad.

Créditos ao Diário Aldeense

Postar um comentário

0 Comentários