Preso travesti suspeito de esquartejar mulher em São Pedro da Aldeia

Travesti Titia da Estradinha (esquerda) e sua
comparsa, Catilene (direita), que o entregou.
Um policial da P2 (polícia reservada) estava no Centro de Cabo Frio quando viu um travesti e uma mulher correrem, e logo em seguida viu outra mulher atrás, informando que havia sido assaltada.

De imediato o policial perseguiu os dois, mas capturou a mulher, o travesti conseguiu fugir.

O policial pediu apoio e duas viaturas foram dar apoio.

Com as informações dadas pela Catiele Fernandes dos Santos, 21, os policiais conseguiram localizar a travesti na Estrada Velha de Búzios, Boca do Mato. Foram encaminhados para a DP.

Durante o depoimento da Cariele, ela informou que o Travesti, identificado como Daniel Lucas dos Santos, 18 anos, conhecido como Titia da Estradinha, seria a autora do homicídio da mulher esquartejada e encontrada em São Pedro da Aldeia no último dia 10, onde só o quadril foi localizada, e que teria sido um crime passional, motivado por ciúmes do companheiro. Ainda segundo o depoimento da Catiele, a acusada esfaqueou a vítima, esquartejou e jogou as partes no Canal do Itajuru, deixando apenas aquela parte à mostra e que ainda depois do crime, telefonou para o companheiro informando que ele iria ter uma surpresa e foi comemorar se drogando.

Catiele , informou que a travesti havia roubado R$100 no mesmo dia, de uma senhora no ponto de ônibus em frente ao Itajuru, e que que teria cometido alguns homicídios em Cabo Frio.

Os taxistas de Cabo Frio também a reconheceram como responsável pelos assaltos que que andavam sofrendo.

O David Lucas teria sido expulso de uma comunidade do Rio de Janeiro e cometia assaltos para manter o vício com o uso de crack.

Os policiais responsáveis pela prisão são Sgto. Frederico, Sd. Monteiro, Cb Chrystian, Cb Robert e Cb Lemos.

Créditos à Sabrina Gouveia

Postar um comentário

0 Comentários