Com médicos a menos, espera é grande no Pronto Socorro de São Pedro


“Cobertor curto ou deixa de fora a cabeça ou os pés”. O dito popular parece descrever a situação do quadro médico no Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia: é só um médico faltar ou entrar em licença que a fila para atendimento duras horas, sobrecarrega outras unidades e acaba com a paciência de qualquer um.

A recepção cheia é sinal que o atendimento no único Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia está lento. As imagens foram feitas no início da tarde desta sexta-feira (27) e algum tempo depois a recepção continuava cheia. Os pacientes dizem que apenas um médico está atendendo na unidade.

Esse é o segundo dia seguido que equipe da INTER TV registra problemas no atendimento no pronto socorro. Nessa quinta-feira (26), o corredor da unidade estava lotado, muitas pessoas esperavam por atendimento. Nesta sexta (27), um funcionário da administração do pronto socorro justificou a falta de médicos.

Em Cabo Frio a situação não parece estar diferente. A equipe da INTER TV esteve na Unidade de Pronto Atendimento da cidade. Os pacientes dizem que também só há um médico atendendo. O resultado é a UPA lotada.

A assessoria da Secretaria de Saúde de Cabo Frio disse que o movimento nessa sexta (27) foi maior que a demanda normal da UPA devido ao grande número de pessoas vindas de outros municípios. Disse ainda que três médicos estavam atendendo normalmente. A administração do pronto socorro de São Pedro da Aldeia diz que o atendimento já foi normalizado. Dois médicos de São Pedro mesmo foram chamados para o plantão. Segundo o diretor da unidade, Marcos Prolo, duas médicas estão sendo contratadas para reforçar a escala diária do hospital, elas devem começar a trabalhar na sexta-feira que vem.

Créditos à InterTV

Postar um comentário

0 Comentários