Prefeitura abre inscrições para oficinas e palestras do "Cozinha Brasil"

Já estão abertas as inscrições para as oficinas e palestras gratuitas do programa “Cozinha Brasil”, voltadas à educação alimentar. As primeiras sete turmas serão destinadas ao público inscrito no CADÚnico para Programas Sociais do Governo Federal. As oficinas terão início na próxima terça-feira (28) e os interessados que estiverem dentro do perfil devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo. Para o público livre, serão abertas três turmas, divididas entre oficinas e palestras, com início em setembro. As inscrições livres já podem ser realizadas na sede do Horto Escola Artesanal, situado na Rodovia Amaral Peixoto, km 107, no bairro Balneário das Conchas. As vagas são limitadas. O projeto é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RJ) em parceria com a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio das Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda.

Secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu falou sobre a parceria firmada com o Senai. “O Senai está trazendo toda sua expertise para nós dentro do ‘Cozinha Brasil’. Essas oficinas são muito importantes porque vão trabalhar aspectos do alimento como um todo, com foco na saúde, prevenção e tratamento de algumas doenças, o aproveitamento máximo do produto, o incentivo à adoção de hábitos alimentares saudáveis e as bases para uma economia doméstica. Serão abertas várias turmas para públicos variados. Será uma excelente oportunidade de aprendizado”, disse.

Para efetuar a inscrição, os interessados devem apresentar documentos de identidade, CPF e comprovante de residência. No caso do público do CADÚnico, também será necessário apresentar o Número de Identificação Social (NIS) no ato da inscrição. A idade mínima exigida é de 15 anos. Com curta duração, as oficinas abordarão, de forma prática e teórica, o preparo de alimentos saborosos e nutritivos a baixo custo, reduzindo o desperdício, com foco no aproveitamento integral dos alimentos e na promoção de bons hábitos alimentares visando a saúde e a prevenção de doenças. Serão oferecidas 25 vagas por cada turma. Ao término, todos os participantes receberão certificação.

Conforme previsto no cronograma das oficinas de Educação Alimentar, a primeira semana será destinada exclusivamente às turmas dos alunos inscritos pelos CRAS do município. A primeira turma terá início na terça-feira (28) e se estenderá até o dia 31 de agosto, nos períodos da manhã, das 8h às 12h, e, à tarde, das 13h30 às 17h30, totalizando sete turmas. Já a segunda semana de encontros, em setembro, será voltada ao público livre. De acordo com o cronograma, a primeira turma terá início no dia 11 de setembro e seguirá até o dia 13 de setembro, com palestras de Aproveitamento Integral do Alimento pela manhã, das 10h às 11h30, e Oficinas de Educação Alimentar à tarde, das 13h30 às 17h30. Toda a programação acontecerá na sede do Horto Escola Artesanal.

Créditos à Ascom PMSPA

Postar um comentário

0 Comentários