7 de setembro foi marcado por shows, competições e a tradicional cavalgada em São Pedro da Aldeia


A realização da 26ª Cavalgada da Independência reuniu mais de 1.500 cavaleiros e amazonas durante
o feriado de 7 de setembro em São Pedro da Aldeia. Promovido pela Prefeitura aldeense em parceria com o Clube de Cavaleiros e Amazonas da cidade, o evento atraiu comitivas de diversas partes do município, da região e de todo o Estado para participar da tradicional procissão alusiva ao Dia da Independência do Brasil.


Durante a concentração às margens da Rj-140, no bairro Campo Redondo, na zona leste da cidade, foi marcada pelo momento cívico de execução dos hinos municipal e nacional. Após a solenidade, foi realizada uma homenagem póstuma ao tradicional locutor Rodrigo Paraná, falecido em março deste ano e então seguiram, com trio elétrico e escoltas da guarda municipal e PM, até o Polo Rural, no bairro Cruz, Zona Rural do município, passando pelos bairros Morro do Milagre, Fluminense e Rua do Fogo. Uma ambulância para o atendimento de emergência móvel pré-hospitalar também esteve à disposição


“Essa é uma festa tradicional que já é muito aguardada por todos nós, cavaleiros e amazonas. São Pedro da Aldeia nasceu dessa forma, é uma cidade do interior que hoje já é reconhecida pelo o seu grande desenvolvimento, mas a tradição não foi perdida. Em 2015, nós criamos o primeiro clube de cavaleiros do município e percorremos cidades de dentro e fora do Estado, participando de competições. Em São Pedro da Aldeia, o nível das provas é muito alto, só na pista do Laço Comprido teremos cerca de 100 competidores montados a cavalo. É uma cidade que mantém a sua tradição e sempre faz um grande trabalho para lembrar o 7 de setembro”, disse Gustavo Santos, Presidente do Clube dos Cavaleiros e Amazonas de São Pedro da Aldeia.


Após a chegada da 26ª Cavalgada da Independência, as provas foram iniciadas na área de competição. Foram realizadas as competições de Laço Comprido, Baliza e Tambores. Ao todo, as provas equestres receberam cerca de cem competidores em busca dos melhores resultados.


“A área de provas recebeu competições de Laço Comprido, Tambores e Baliza. As duas últimas são provas em que os competidores cumprem os circuitos em busca de não sofrer descontos, já que cada deslocamento nos obstáculos gera sanções. É muito importante que possamos ajudar a manter essas tradições e competições saudáveis sempre vivas”, salientou Nando Coelho, um dos organizadores e também treinador.

Durante todo o dia, Adriano Marques comandou a música ao som de ritmos variados para o público presente. Já no período noturno, a animação foi garantida com Binho do Forró, grupo de dança Fissura Mix e a dupla Henrike e Roger.



Créditos ao Diário Aldeense

Postar um comentário

0 Comentários