Blocos e shows atraem multidões no carnaval da gentileza

No quarto dia de folia o que se vê nas ruas, praças e praias é um carnaval multicolorido, democrático e gentil. Na praia da Pitória, por exemplo, havia espaço para quem queria descansar à beira da lagoa, sob o guarda-sol, mas também para quem queria cair na folia. Nesta segunda-feira (11/02) o agito não parou: logo cedo, no palco montado pela prefeitura, o DJ Vinícius Couto levantou a galera com ritmos animados que foram desde o samba carioca até ao axé da Bahia. Houve concurso de danças e sorteios de brindes.

O comércio de bebidas e comidas variadas também estava movimentado. O seu Zé do Churrasquinho garantiu que este é o melhor carnaval dos últimos anos: “Nunca vendi tanto”, disse o churrasqueiro. As vendedoras de cerveja, Lalinha e a filha Marcelle Rangel concordam: “Estamos faturando bem. Tomara que continue assim.”

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de São Pedro da Aldeia, Ramon Gago, disse que mesmo com os blocos arrastando muita gente, o carnaval é um dos mais tranquilos que já presenciou. Foi exatamente o que ocorreu quando o bloco “Unidos da Pitória” passou: gente de todas as idades e de estilos variados acompanhou o trio elétrico, ao som do tema, que é tão popular quanto o carnaval, “As novelas do Plim Plim”, em uma homenagem às tramas da Rede Globo de televisão. Sob um sol escaldante, os foliões cantaram e dançaram sem parar durante quase duas horas.

Mas o samba não parou: após o desfile do bloco, no palco, a Banda Arma Samba não deixou o pique cair. Com músicas animadas fez o povo dançar e pular a valer. Em seguida o bloco das Donzelas, puxado por Adriano Marques, fechou à tarde de quem escolheu a Praia da Pitória para passar a segunda-feira de carnaval.



Praia do Sudoeste: calor atraiu centenas de banhistas


Na Praia do Sudoeste a população aproveitou a calmaria da lagoa enquanto aguardava os blocos “Aperta que dá e Vem quem quer.” No final da tarde a folia movimentou a rua principal e fez a alegria de quem queria brincar o carnaval. A festa manteve a tradição de reunir famílias inteiras em torno dos blocos aldeenses, que não perderam a irreverência e a animação. O vice-prefeito Iédio Rosa fez questão de acompanhar de perto todos os festejos do dia. Para ele, o carnaval de 2013 já é o melhor que a cidade vive em muitos anos.

Créditos à Ascom PMSPA

Postar um comentário

0 Comentários